quarta-feira, 25 de março de 2009

O candidato?

"Marco António Costa, presidente da Distrital do PSD do Porto, vai almoçar com mais de mil mulheres (neste momento já existem 1130 inscrições) em MATOSINHOS, no próximo sábado, dia 28 de Março, pelas 13 horas, no Pavilhão de Desportos e Congressos de Matosinhos. Marco António Costa fará a sua intervenção direccionada para as eleições que se avizinham, mas com maior incidência nas autárquicas e também sobre MATOSINHOS já que este concelho MERECE MELHOR. Neste almoço de MULHERES conta-se com a presença de alguns homens: Luís Filipe Menezes (Gaia), Rui Rio (Porto), Macedo Vieira (Póvoa de Varzim), Fernando Melo (Valongo), Manuel Moreira (Marco de Canavezes), Celso Ferreira (Paredes), Pedro Pinto (Paços de Ferreira), Bernardino Vasconcelos (Trofa) e Alberto Santos (Penafiel)."

Um comunicado do PSD para uma iniciativa em Matosinhos, no próximo sábado. Tendo em conta os convidados que Marco António Costa terá a seu lado, caso para perguntar se o almoço é convocado pelo presidente da Distrital do PSD ou pelo candidato do PSD à Câmara de Matosinhos?

8 comentários:

Joao M disse...

3 almoços em Matosinhos no próximo sábado! (Bloco de Esquerda com F.Louçã, PSD com Marco António e mil mulheres!!, Narciso na APDL)

As autárquicas prometem!

Anónimo disse...

Espantoso...o Marco António vai arriscar a sua pessoa em Matosinhos?

Pode ser, mas... deixará Gaia?

onde é muito conceituado,aliás Quase Presidente?

Só uma pessoa poderá responder ELE. claro.

UMBERTO SEM ECO disse...

é um jantar «hibrido». Para já qualquer interpretação é boa. O PSD faz fogo sobre Matosinhos. O discurso vai ser violento. As orelhas irão ficar a «arder». O candidato não existe, enquanto NM não se decidir. São todos umas «mulas», sem desprimor para estas. Não acredito que o Marco avance sem uma boa almofada. Nas sondagens. Por muito que ele tente aparecer por Matosinhos. Já faz cronicas num jornal local. Já tem fotos, em tamanho grande e a cores, no mesmo jornal local. Não acredito em coincidencias. É que se o Poder mudar, esse jornal, outrora narcisista, depois seabrista, outra vez narcisista e, agora pintista, vilaverdista e oliveirista. Muda. Será antonista, nelsonista ou coutista. De Couto ds Santos. Um «trunfo» que pode estar bem guardado nas «arcas» laranjas. Acho que o PS deveria responder «forte e feio». Avança Margarida, é a tua hora. Puxa pelos galões. Redige, como só tu sabes, um manifesto eleitoral E se tiver erros , tanto melhor. É da maneira que tem visibilidade e mediatização. Não te esqueças de no curriculo dizeres das tuas origens , particularmente no Sindicato dos Professores.E leva contigo para a campanha, «montes» de Magalhães.Não tenhas problemas. Podes prometer à «tripa forra». O Socratinice fez o mesmo. Numeros é o que interessa. Era uma «jogada de mestre». Fala com o Sá Couto. Ele é timido, não gosta de holofotes, mas pelo Partido fará tudo. Na lista do PS apostava, depois da Margarida, no Tunes, gente do « alto», Alcidia Lopes, a mais faltosa das deputadas, Pedro Sousa, a sombra do Tabuada. Como suplente a Olga. Com ela teriamos, de certeza, a «gente fina» do Centro Hipico.Com a vantagem da sede de campanha poder funcionar nas cavalariças. Dava cá um «estrondo» mediatico, que nem te conto.Estes chegam. A votação não dará para mais. Voltemos ao jantar.E se o Rio decidir abrir a boca, o ataque será cerrado ao GPinto. Uma coisa me faz espécie: tanta mulher e tão poucos homens. Se fossem todas de Matosinhos, eu diria que o NM ficaria isolado. Sem apoios.Talvez seja neste campo particular, do eleitorado feminino, que o PSD avança com o 1º ataque ao NM.é um autentico «raid» israelita. Os estrategas não são «pecos». O NM sem as «sete saias» fica claramente diminuido. Entenda-se, na votação. Vou voltar, talvez mais tarde e mais a serio. Será que só disse «baboseiras»????

UMBERTO SEM ECO disse...

Vamos especular um pouco. Das sondagens ninguém se «corta». Todos guardam os numeros. Não dão «baldas» nem tiros nos pés. Que as há, há. Admito que as diferenças , entre eles, sejam poucas.Admito que só lá para Junho, Julho, com outras sondagens, as estrategias sejam mais nitidas.
Num cenário muito provavel de empate a 3 vereadores - NM, PS e PSD - com o PCP e BE com 1 vereador, o que fazer?? Que alianças? Quem de «braço dado» com quem?
1 - PS aliado ao PSD hipótese impossivel, descartavel;
2 - NM com PSD não impossivel, mas de dificil concretizaçao. E aqui poderia jogar a influencia do Rio ou Menezes se, na hora H, assumissem a sua simpatia por NM. Era uma derrota para o PS nacional e distrital. E uma semi vitória para o PSD. Já que não pode ganhar por si mesmo, ao menos evitaria a permanencia socratica em Matosinhos;
3 - Pacto NM/PS -
a) - NM como Presidente, se tivesse mais votos, e os restante vereadores distribuidos pelas 2 listas : 2 do NM e 3 do PS.
Possivel? A politica dá tantas voltas que ignorar este raciocinio teórico não é , de todo, aconselhável;
b) - GPinto Presidente.Será que NM aceitaria a subalternidade? Não acredito. Daí a minha curiosidade em saber quem será o nº2 de NM.
Tudo isto na hipotese do PS manter o GPinto como candidato.
Mas neste quadrante não será de desprezar que Gpinto «leve» com uma promoção, a candidato de qualquer coisa, e o PS «jogue» noutra personalidade. Conhecida, também em termos nacionais. Mas de Matosinhos. Protector dos idosos, daqui a pouco dos deficientes. Ainda e sempre dos cooperativistas. Tem a grande vantagem de possuir uma «rede» enorme. De influencias. De benesses. De dá e troca. Refiro-me a Guilherme Vilaverde. Curiosamente, o 5º nome da lista de GPinto à Comissão Politica Concelhia. Certo ??? Fixem este nome. Amigo de «xi coração» de Vieira da Silva, grande responsavel nas proximas eleições autarquicas.
Quanto ao PSD, porque não apostar na «prata da casa»?? Se com o «imigrante» JSá perderam por poucos....a vitória pode estar perto. É que, no PS, não se acredita na hipótese de derrota. Não sabem «ler» os ultimos resultados eleitorais. E os novos eleitores que aí vêm. Atenção. Matosinhos está, demograficamente, muito diferente.

JOSÉ MODESTO disse...

Precisamos de uma cidade onde os Matosinhenses sintam que não há melhor sitio para se viver.

Saudações Marítimas
José Modesto

Arrumador da Barranha disse...

O Umberto bem quer ter eco, mas não consegue. Diz umas coisas que houve do seu conterrâneo de...Barroselas. Vamos aguardar pela próxima semana. Nada irá ser igual. Aguardem. Então, sim, irá haver eco. E quanto aos jornais que já foram isto e agora são aquilo, são iguais aos outros, mesmo aos mais crescidos. Já vimos "perigosos comunistas" que agora são "beatos" social democratas.

Anónimo disse...

Marco António se for candidato em Matosinhos, torna-se no verdadeiro saltimbanco da política. Depois de Valongo, Gaia, depois de Gaia, Matosinhos, depois de Matosinhos, onde é que ele irá parar? Sempre a miragem do Poder? O PSD, os seus militantes em Matosinhos ainda não se cansaram de importar candidatos?
Ainda não tiraram lições dos erros anteriores? Para o PSD o que é nacional, isto é de Matosinhos, não é bom. Que continuem assim, que os galos agradecem.

JOSÉ MODESTO disse...

Mas será que uma Terra de Horizonte e Mar não consegue apresentar um Candidato do PSD local?

Saudações Marítimas
José Modesto